A companhia sintrense teatromosca, apresenta, durante o mês de junho, um conjunto de espetáculos dedicado a toda a família

A companhia sintrense teatromosca, acolhe, durante o mês de junho, um conjunto de espetáculos dedicado a toda a família. Com os eventos a decorrer no AMAS — Auditório Municipal António
Silva, sempre às 16h, o coletivo aposta numa programação que prima pela diversidade nas ofertas artísticas e temáticas, estimulando o espetador através de propostas de reflexão sobre temas atuais.

Será já no dia 5 de junho que a companhia belga, Baobá Theater, irá apresentar “Zumba Zumba Zaia”, uma criação de teatro físico que transporta o público para um universo de cores, imagens e sons vindos do continente africano. Esta é uma companhia caracterizada pela sua multiculturalidade e vontade de criar com a finalidade de educar para a cidadania.

De seguida, no dia 12 de junho, será a vez de “Aldebarã”, pela Terra Amarela, um projeto inclusivo no qual a língua gestual portuguesa é componente integrante da encenação. O mote para esta criação prende-se com o fim dos recursos naturais da Terra e o perigo de extinção da Humanidade. O encenador deste projeto, Marco Paiva, descreve-o da seguinte forma: “Diversidade, acesso e o século da mudança. Atravessando um dos períodos coletivos mais singulares da Humanidade, a Arte e a Criação Artística, afirmam-se mais uma vez como um espaço de resistência, de pensamento e prática sobre o passado, o presente e fundamentalmente, o futuro que desejamos construir. O século XXI é já o século da diversidade, do acesso e da inclusão. Descobrir a riqueza da pluralidade é uma viagem fascinante. Descobri-la através do teatro é uma enorme aventura. ALDEBARÃ é então essa viagem extraordinária até à felicidade de exercer de forma plena a nossa identidade.”

Por último, no dia 19 de junho, os espetadores terão a oportunidade de experienciar um concerto singular e memorável. Charlie Mancini, músico e compositor, apresenta o espetáculo “CINE-CONCERTO: Filmes musicados”, no qual irá musicar o clássico do cinema pré-sonoro, “Sete Oportunidades”, de Buster Keaton. Focado nas personagens projetadas no ecrã, o acompanhamento musical substituirá na perfeição os diálogos e criará um ambiente distinto e único para cada cena.

Os bilhetes para os espetáculos encontram-se à venda na Ticketline e locais habituais com valores que variam entre 5 € e 7 €.