Apresentado projeto de Requalificação da Praia das Maçãs

A Câmara Municipal de Sintra apresentou, na passada quarta-feira, o projeto de Requalificação da Praia das Maçãs – 1.ª Fase, correspondente a um investimento de 1 milhão e 250 mil euros e a uma área de intervenção de 12. 900 m².

Esta intervenção tem como objetivos a promoção da área da Praia das Maçãs, no sentido de proporcionar qualidade aos seus espaços públicos, de uma forma inclusiva, ao mesmo tempo que promove o enquadramento dos equipamentos e a recuperação da atratividade não sazonal.

“A Praia das Maçãs é um símbolo do concelho, com uma longa tradição e nós temos de a valorizar”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, durante a apresentação do projeto, mencionando ainda que a empreitada pretende “melhorar, dar conforto e promover a qualidade de vida dos habitantes, assim como recuperar esta zona tão carismática de Sintra e um dos destinos balneares mais procurados do concelho”.

A 1.ª fase do projeto irá abranger 3 áreas complementares, nomeadamente:

  • o reperfilamento viário da Av. Eugéne Levy e respetiva área de estacionamento, desde a entrada na Praia das Maçãs até ao cruzamento com a R. Pedro Álvares Cabral, incluindo a sua requalificação e reperfilamento;
  • o parque/jardim existente e espaço público murado, denominado por Esplanada Vasco da Gama, junto à frente praia e onde é proposto a instalação de diversos equipamentos lúdicos e desportivos, assim como áreas de restauração;
  • zona de receção e distribuição à cota da entrada da praia e a ligação ao recinto dos campos de ténis, prevendo-se igualmente a sua requalificação), e a definição de um novo percurso sobre o areal que garante a implementação da ligação da pedonal e clicável à ciclovia projetada.

Do mesmo modo, será ainda contemplado a requalificação da entrada na localidade; o melhoramento das acessibilidades existentes e criação de novas acessibilidades; a reconversão e reforço da oferta de equipamentos de recreio e utilização desportiva; criação de polo dedicado às escolas de surf; reforço das áreas de estadia, e reorganização das zonas dedicadas a esplanadas; criação de áreas multiusos ao ar livre para acolhimento de eventos culturais vários; qualificação dos elementos edificados existentes; reformulação e reforço da iluminação pública; enquadramento e requalificação paisagística dos espaços verdes existentes; repavimentação da área; ligação ao percurso pedonal e ciclável proposto para a margem Sul da Ribeira de Colares; reabilitação da praça de receção/distribuição de acesso à praia.

Os trabalhos irão assentar num estilo moderno, que permita uma transformação qualitativa do espaço e na introdução de equipamentos âncora, que garantam uma oferta diversificada e apelativa, com vista a atingir o objetivo global de dinamização da localidade.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Sintra já investiu 87 mil euros na recuperação do espaço de jogo e recreio na Praia das Maçãs.