Arranca empreitada da ciclovia de Colares, Banzão e Praia Grande

A Câmara Municipal de Sintra iniciou esta quarta-feira os trabalhos para a execução do Percurso Ciclável e Pedonal na Ligação de Colares, Banzão e Praia Grande, num valor de 994 mil euros.

O presente troço da E.N. 375, denominado de Via do Atlântico, encontra-se localizado entre a rotunda de acesso à Praia Grande e a Adega de Colares, apresentando cerca de 1,985 km de extensão.

Para o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, “os investimentos que a autarquia tem vindo a realizar na construção de ciclovias são de extrema importância, pois significam uma aposta no ambiente e o desenvolvimento de políticas ambientais tão importantes agora como no futuro. Temos já 32 km de ciclovias, são mais de 7 milhões de euros de investimento na sustentabilidade, mobilidade e saúde.”.

“A Câmara de Sintra não para, a pandemia é obviamente grave mas a única forma de a combater no plano socioeconómico é trabalhar mais e empenharmo-nos mais ainda. Este investimento é relevante porque requalifica, porque é virtuoso para o ambiente, porque é uma mudança qualitativa para o nosso concelho e para a qualidade de vida de quem aqui mora, trabalha ou nos visita”, conclui o autarca.

A execução desta ciclovia tem como objetivo promover as deslocações suaves a pé e de bicicleta, requalificar e criar espaços pedonais e a melhoria da qualidade de vida dos munícipes, melhorar a mobilidade e segurança rodoviária e pedonal e ligar núcleos urbanos, espaços públicos relevantes, zonas de comércio e/ou serviços e equipamentos estruturantes.

A autarquia continua assim a seguir o plano para a criação de um conjunto de ciclovias no município, correspondentes a 39 km, que teve início com a ciclovia entre a Portela de Sintra e Mem Martins, inaugurada em 2016 e da ciclovia que liga Agualva a Massamá, inaugurada em 2018. A rede de percursos cicláveis e pedonais do concelho de Sintra está incluída no Programa Portugal 2020, que financia estas intervenções em 50%.