Catorze datas esgotadas depois, “Onde é que eu ia?…” abre cinco sessões extra no São Luiz

Catorze datas esgotadas depois, “Onde é que eu ia?…” abre cinco sessões extra no São Luiz

Nuno Artur Silva esgotou as primeiras oito datas do seu solo “Onde é que eu ia?…” no São Luiz Teatro Municipal e abriu seis datas extra, que esgotaram uns dias depois. Anuncia agora mais cinco sessões, a 30 e 31 de Janeiro e 1, 2 e 5 de Fevereiro.

Num espectáculo dividido em 13 capítulos, uns mais pessoais e outros de análise satírica à nossa sociedade e acontecimentos marcantes dos últimos anos, o guionista, ex-administrador da RTP e ex-secretário de Estado faz-se acompanhar de António Jorge Gonçalves para ilustrar os seus comentários assertivos. O “Zelensky” do XXII Governo Constitucional, do qual Nuno Artur Silva fez parte, consegue pôr o público rir de início ao fim, incluindo os ministros e ex-governantes que já foram assistir ao espectáculo.

Em “Onde é que eu ia?…”, o comediante que não gosta de se definir como tal – apenas como guionista – pretende demonstrar que “todas as tragédias têm um lado cómico”, declara à Visão.

Os bilhetes para as novas datas já estão à venda em Blueticket e nos locais habituais.