Lewis Capaldi lança novo single, Forget Me

Nas palavras do artista: “Olá, sou eu, o cantor e compositor escocês, popstar gordinho e entusiasta do humor de casa de banho, Lewis Capaldi.

Pensei em poupar-vos o trabalho de ler outro comunicado de imprensa de uma empresa de relações públicas dizendo o quão maravilhoso eu sou, descrevendo todas as minhas vendas de álbuns, prémios, recordes que conquistei e como vocês deveriam estar entusiasmados com o meu novo single, e decidi fazê-lo sozinho.

Estou de volta. O meu novo single intitula-se Forget Me, e vamos ser honestos, liricamente abrange muitas das temáticas já exploradas no passado. Conheço uma rapariga, ela deixa-me, eu lamento-me sobre isso numa canção pop. Livro didático.

Depois de finalmente ter conseguido sair da casa dos meus pais em 2020, após o sucesso de Someone You Loved e Before You Go, pensei que seria sensato ligar outra vez aos meus amigos TMS e ver se eles gostavam de escrever mais algumas canções depois de me ter apercebido que estou contratualmente obrigado a criar mais canções para uma grande empresa. Não vale a pena mexer no que funciona.

É uma canção um pouco mais animada do que as anteriores, principalmente porque depois de andar em digressão pelo mundo, notei que as minhas canções mais lentas e menos conhecidas estavam a fazer com que algumas das multidões parecessem que estavam prestes a adormecer de puro tédio. No entanto, este novo tema é triste e rápido, muito parecido com a forma de eu fazer amor. Não se preocupem, ainda tenho muitas baladas deprimentes na manga. Mais sobre isso noutro momento…

Apenas no caso de precisarem de uma pequena citação do artista para usar em qualquer texto sobre a canção, aqui está – espero que funcione:

Forget Me é uma canção que é tão querida ao meu coração e sinto definitivamente que é a minha melhor canção até agora. É sobre o fim de uma relação pela qual passei, onde, depois de um ano, o único contato real que tive com a minha ex foi ver a sua vida ‘pós-eu’ se desenrolar no Instagram. Cheguei a um ponto em que me sentia muito miserável e ela parecia estar a seguir em frente e a divertir-se, e eu odiava ver isso. Parecia injusto para mim que ela parecesse feliz enquanto eu sofria, e estava com medo de que ela pudesse ter-se esquecido completamente de mim, então escrevi uma canção sobre isso.’

Não vos vou manter aqui por muito mais tempo. Brincadeiras à parte, estou muito entusiasmado por estar de volta e por divulgar esta canção. No entanto, não vou mentir, estou-me também absolutamente nas tintas, por isso vai ser interessante ver como tudo se vai desenrolar desta vez. Pode ser o início de um belo capítulo na minha vida, OU a espiral descendente muito pública que, convenhamos, provavelmente devo ter.

Espero que gostem da canção. Se não, tudo bem também, ouvi algumas das merdas que foram grandes nos últimos anos e deve ser um pouco melhor do que algumas delas.

Deixo-vos com uma citação da minha mãe…

‘Não é a melhor canção que já ouvi, mas gosto dela.’

Grande elogio,

LC