Marisa Liz acaba de lançar Guerra Nuclear, um inédito de António Variações

Vídeo oficial foi dirigido por João Maia, realizador do filme Variações, e já pode ser visto no YouTube

Chegou finalmente hoje a todas as plataformas digitais o primeiro single de Marisa Liz em nome próprio. A estreia a solo acontece com uma canção inédita de António Variações, intitulada Guerra Nuclear. A produção ficou a cargo do músico Moullinex, com co-produção de Marisa Liz.

O tema conta com uma enorme surpresa, já que temos a oportunidade de ouvir a voz de António Variações, retirada da gravação original em cassete.

O vídeoclipe de Guerra Nuclear já está disponível no YouTube e foi dirigido por João Maia, realizador do filme biográfico Variações.

A ideia base do vídeo foi concebida pela própria Marisa Liz, vincando com ele o facto de ser apenas uma mensageira das palavras de António Variações, construindo ao longo do videoclipe um mural de frases e palavras, que culmina com a imagem de Variações. O mural foi desenhado pelo coletivo de arte urbana Projeto Ruído do duo de artistas DRAW & CONTRA.

No videoclipe Marisa Liz teve ainda o privilégio de poder envergar uma boina preta que pertencia a António Variações, bem como um par de brincos que a família gentilmente cedeu. Desta forma sentimos ainda mais a presença de Variações em todo este processo.

Marisa Liz diz sobre esta oportunidade única de dar voz a uma canção inédita de António Variações:

“Caiu um presente do céu.’ Foi o que senti quando soube que esta canção era para mim. Tinha nas mãos a mensagem mais pura e forte que queria sentir e que queria cantar. Tinha e tenho nas mãos a tristeza de saber que infelizmente esta mensagem continua a fazer sentido. Fui invadida de certeza, caíram-me lágrimas de amor e desejos de paz. Fui invadida de urgência, era e é urgente passar esta mensagem do mestre. É urgente termos paz. O Variações sabia disso. Caiu um presente do céu. Para todos. Vamos ouvi-lo.”

Tudo começou em abril deste ano. Tendo conhecimento da existência de um tema inédito de António Variações que abordava a temática da ameaça da guerra nuclear, e tendo em conta o contexto atual, a família de António Variações e os seus publishers, Rossio Music, decidiram divulgar este tema, alertando para o “delírio nuclear”, sendo ele uma ameaça (verdadeira ou não) cada vez mais presente no dia-a-dia.

Sobre a data da autoria da canção, segundo o representante dos herdeiros de António Variações“é impossível datar, mas deve ter sido em finais de 1983, uma vez que a gravação em cassete já tem um instrumental considerável, ou seja, possivelmente com a banda Variações”.

Marisa Liz foi escolhida como a mensageira perfeita para dar voz a esta composição inédita de António VariaçõesMarisa Liz juntava tudo o que poderiam esperar do lado da interpretação, da emoção e da sua total dedicação ao autor e à sua autoria. A artista escolheu Moullinex para, em conjunto, produzirem esta obra tão importante, trazendo a sonoridade de António Variações para 2022 numa canção que, atualmente, assume uma enorme relevância.

Guerra Nuclear pela voz de Marisa Liz assume-se como um dos momentos maiores d