NENNY, de menina-prodígio a talento sem-fronteiras

NENNY, a.k.a. Marlene Tavares, nasce em 2002, em Vialonga, perto de Vila Franca de
Xira, onde reside atualmente. Vive em Portugal até aos 11 anos, quando se muda com a mãe para os subúrbios de Paris, França. Em 2019 dá-se uma nova mudança de país,
fixando-se desta vez no Luxemburgo. A experiência da diáspora, em busca de melhores condições de vida, e a constante necessidade de recomeçar, de se adaptar, são uma parte essencial da personalidade, do trajeto e da arte de NENNY.

A música chega-lhe cedo. Cresce com os pais, ambos cabo-verdianos, num ambiente
musical rico em funanás, kizomba e outros ritmos africanos. É neste contexto, e com
apenas 10 anos, que se aventura na escrita da sua primeira letra para uma canção,
abordando temas como o racismo e o preconceito.

Nos anos seguintes, NENNY começa a refugiar-se na música para melhor expressar as
suas ansiedades, reflexões e vivências, mas apenas lança a primeira canção em 2019, o single “Sushi”. A partir daqui tudo acontece muito rápido: apenas 3 meses depois sobe ao palco do festival MEO Sudoeste para apresentar “Sushi" no concerto de uma das maiores bandas nacionais contemporâneas, Wet Bed Gang.

O single seguinte "Bússola" é lançado apenas dois meses depois, reforçando a rápida afirmação de NENNY na nova cena do Hip Hop português. Além do reconhecimento do público, traduzido em milhões de views no YouTube e outros tantos milhões de plays no Spotify e Apple Music, a artista conquista a crítica especializada e o apreço de músicos como Richie Campbell, Deejay Telio e Dino D’Santiago.

Em 2020 edita o EP de estreia "AURA", coroando o desfile meteórico de singles de sucesso “Sushi”, “Bússola”, “21” e o muito especial “Dona Maria”, dedicado à mãe. Em conjunto, estes temas somam mais de 50 Milhões de streams, tendo colocado NENNY numa trajectória ímpar na música portuguesa, numa altura em que esta menina-prodígio tinha apenas 18 anos. Nesse mesmo ano é também nomeada para os Play – Prémios da Música Portuguesa (votados por uma Academia de profissionais da indústria musical) e para os Globos de Ouro, na categoria Revelação. Um marco notável para uma artista com uma carreira tão curta.

Após a paragem de vários meses provocada pela pandemia, com a reabertura dos
espetáculos NENNY estreia-se, finalmente, ao vivo, no Festival Iminente, em Outubro de
2021, com um concerto emocionante, muito celebrado pelo público e imprensa
presentes. No mesmo mês lança o single "Do You Care?”, em colaboração com a H&M, convidando os fãs a escolherem o resultado final do videoclip enquanto protagoniza uma campanha nas lojas e montras da conceituada marca de roupa, de norte a sul de Portugal. 2021 é também o ano em que começa a internacionalização de NENNY, com as participações nos prestigiados Tiny Desk da NPR Music e A Colors Show – plataforma em que estreia o tema “Wave” e mais um enorme sucesso “Tequila”.

Em Novembro, NENNY é anunciada nas edições de 2022 dos festivais ID No Limits,
História do Hip Hop e Sumol Summer Fest. É também nomeada aos prémios Best
Portuguese Act nos MTV European Music Awards e Music Moves Europe Talent Awards
2022, que visam distinguir "o som europeu de hoje e de amanhã” e são atribuídos pela Comissão Europeia a artistas emergentes da música pop e contemporânea, ajudando a promover a sua internacionalização (desde 2004 têm vindo a premiar artistas como Stromae, Adele, Mumford & Sons, Dua Lipa, Rosalía, Meduza, Lous and the Yakuza e a portuguesa Pongo).

Em Dezembro, NENNY estreia-se ao vivo em Angola, em dois concertos, incluindo um
festival onde é co-headliner, ao lado da estrela local Gerilson Insrael e do astro nigeriano em ascensão internacional, Rema. Era uma das artistas mais aguardadas mas até subir ao palco não tinha noção dos milhares de fãs que se encontravam à sua espera na plateia e que cantaram em uníssono os vários singles de sucesso que compõem o seu repertório.

No regresso a Portugal, NENNY participou no programa Confessions da rádio Mega Hits, gravando dois temas, entre os quais uma versão intimista de Ponto de Luz, de Sara Tavares, canção que marcou a sua infância.

NENNY lançou em Setembro o seu novo single, Mar Azul, que retrata as saudades e a
comunidade cabo-verdiana.

Uma das suas maiores causas é a saúde mental, que a amiúde aborda em
entrevistas, nas redes sociais e, claro, na sua música. Calma, serena, segura de si e do
seu percurso, convida-nos a uma reflexão profunda, que nos ajuda a encarar a vida com maior leveza. Quando canta ora nos enche de ternura, ora nos atinge como um projéctil, revelando-se uma letrista acutilante, uma compositora perfeccionista e uma comunicadora transbordante de significado, do timbre à expressão corporal. A sua mensagem é de Paz.