Prisão preventiva por violência doméstica

O Comando Territorial de Lisboa, através do Subdestacamento Territorial de Alcabideche, no dia 15 outubro, deteve um homem de 38 anos, por violência doméstica, no concelho de Cascais.

No decorrer de uma situação de desacatos em que um homem estava violento para com os seus vizinhos, os militares da Guarda deslocaram-se para o local, onde se depararam com duas pessoas a ser transportadas para um estabelecimento hospitalar, uma das quais o suspeito, um homem de 38 anos.  No decorrer das diligências policiais, foi possível apurar que além das desavenças com o vizinho, um homem de 56 anos, o suspeito havia agredido o seu companheiro, um homem de 38 anos, que já se encontrava a receber tratamento na unidade hospitalar devido a ferimentos graves causados pelo agressor.

No decorrer da ação o agressor foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial no dia 17 de outubro, ao  Tribunal Judicial de Lisboa, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe: