Prisão preventiva por violência doméstica efectuada pela GNR em Mafra

O Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 25 de janeiro, deteve um homem de 23 anos por violência doméstica, em Mafra.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito agrediu a sua ex-namorada de 23 anos durante o relacionamento e, depois de a relação terminar, perseguia a vítima com o seu veículo, para além de utilizar as redes sociais para a controlar, enviando-lhe mensagens com insistência. O suspeito, ameaçou ainda fisicamente o atual companheiro da vítima, não tendo conseguido concretizar as suas intenções por intervenção de terceiros.

Após as diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente a primeiro interrogatório ontem, dia 26 de janeiro, no Tribunal Judicial de Lisboa-Sintra, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão preventiva.