Tó Trips apresenta novo álbum na Casa da Música, Porto

Tó Trips é, muito simplesmente, um nome incontornável da múltipla cena musical nacional das últimas três ou talvez até quatro décadas. Foi praticante do lado mais feérico do rock nos Lulu Blind e reinventou-se num dos mais originais projetos da música popular portuguesa, os Dead Combo, que dividiu com o saudoso Pedro Gonçalves e com que correu o mundo.

Mais recentemente criou o Club Makumba, mas também soube dispensar companhias para se projetar, em dois discos de solo absoluto, na solidão que se descobre quando ao lado se tem apenas uma guitarra. mas este espetáculo apanho-o de um outro ângulo: com António Quintino no contrabaixo e Helena Espvall no violoncelo. Um trio de cordas formado com dois nomes que têm percorrido diferentes terrenos do mais aventureiro jazz e música improvisada que ladeiam Tó Trips na sua busca por uma música altamente evocativa, com espessura dramática, bastante poética e francamente apaixonante. Popular Jaguar é o novo disco onde todo esse mundo se revela. Em palco, a magia resulta ainda mais intensa.